XXX Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão Arterial

Dados do Trabalho


Título

Efeito do treinamento aeróbico e resistido combinado nos sintomas climatéricos de mulheres hipertensas

Introdução

<p>Após a menopausa existem diversas alterações endócrinas e metabólicas que levam à ocorrência de sintomas do climatério, como distúrbio de humor, irritabilidade, suor noturno e fogachos. O aparecimento dos sintomas está associado, principalmente, ao sedentarismo e à&nbsp;presença de doenças cardiometabólicas, como a hipertensão arterial.&nbsp;</p>

Objetivo

<p>Verificar se o treinamento combinado de 12 semanas, com exercícios aeróbicos e resistidos, altera os sintomas climatéricos em mulheres hipertensas após a menopausa.&nbsp;</p>

Método

<p>Participaram do estudo 17 mulheres sendo 11 hipertensas (HT) (57±3 idade média, 8±5 anos após a menopausa e índice de massa corpórea de 27±4 kg/m2) usuárias de betabloqueadores e 6 normotensas (NT) (61±5 idade média, 13±6 anos após a menopausa e índice de massa corpórea de 26±1 kg/m2). O treinamento consistia em 12 semanas de exercícios aeróbicos e resistidos combinados na mesma sessão, com frequência de 3 vezes por semana e duração de 60 minutos por dia, com intensidade moderada. Os sintomas climatéricos foram avaliados através da escala de Cervantes, composta por 31 perguntas distribuídas em quatro domínios que avaliam: menopausa e saúde, sexualidade, relação de casal e domínio psíquico. A pontuação vai de 0 a 155 pontos, que corresponde à pior ou melhor qualidade de vida. Para análise estatística foi utilizado a ANOVA TWO WAY verificando a interação (grupo*tempo).</p>

Resultados

<p>Houve interação (grupo*tempo, p&lt;0,05) sendo que o grupo HT apresentou redução dos sintomas (pré: 42±18; pós: 24±11) sem alteração no grupo NT (pré: 41±41; pós: 29±18).&nbsp;</p>

Conclusão

<p>O treinamento aeróbico e resistido combinado por 12 semanas é capaz de reduzir os sintomas climatéricos em mulheres hipertensas, mas não em normotensas. Sendo assim, o treinamento combinado pode ser considerado uma importante estratégia para melhora da qualidade de vida dessas mulheres.</p>

Palavras Chave

Exercício físico; pós-menopausa; hipertensão.

Área

Área Clínica

Autores

Tássia Magnabosco Sisconeto, Ana Clara Ribeiro Cunha, Ana Luiza Amaral Ribeiro, Caroline Pereira Garcês, Igor Moraes Mariano, Julia Buiatte Tavares, Juliana Cristina Silva, Guilherme Morais Puga