XXX Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão Arterial

Dados do Trabalho


Título

COMPORTAMENTO DA FILTRAÇÃO GLOMERULAR, NOS PRIMEIROS 6 MESES DE ACOMPANHAMENTO, COMO PREDITOR DA MORTALIDADE NA DRC NÃO DIALÍTICA

Introdução

<p>A Doença Renal Crônica (DRC) vem se expandindo nos últimos anos, e nesse sentido, pacientes portadores de DRC possuem elevado risco de mortalidade e morbidade, principalmente em estágios mais avançados da doença. Assim, prever o risco de mortalidade é fundamental para auxiliar nas diligências e possibilitar intervenções precoces.&nbsp;</p>

Objetivo

<p>O objetivo deste trabalho foi verificar o comportamento da filtração glomerular a curto prazo na predição de mortalidade.</p>

Método

<p>Foi realizado estudo de coorte de pacientes portadores de DRC no período que compreende Junho de 2012 a Dezembro de 2017. Foi medido a Taxa de Filtração Glomerular (TFG) por meio da Fórmula de Cockcroft &amp; Gault da primeira e segunda consulta, desfechos de diálise e óbito dos grupos que houveram aumento e diminuição da filtração glomerular. Aplicaram-se os testes de análise de Cox e Curva ROC. A variável desfecho da Curva ROC foi prever o paciente que entraria em óbito por meio da estimativa da TFG.</p>

Resultados

<p>Foram incluídos 107 pacientes, destes, 65 do sexo masculino, média de idade de 65±10,9 anos, 98 brancos, 1 amarela, 6 pretos e 2 pardos. A média foi de 35±18,4 ml/min e 1±2,0 g/24h a primeira consulta e 33±17,7 ml/min e 1±2,0 g/24h da segunda consulta de filtração glomerular e proteinúria, respectivamente. Pela análise de Cox, 11 pacientes faleceram quando houve a diminuição da filtração glomerular na segunda consulta e Hazard Ratio: 6,55 (IC 95%: 1,15 - 37,29; p=0,034). Após o ajuste das variáveis de idade, pressão arterial sistólica, TFG, proteinúria, diabetes, tabagismo e etilismo. O comportamento da filtração glomerular pela Curva ROC foi estatisticamente significante (p=0,025). O melhor ponto de corte foi de 5,8mL/min, área sob curva 0,686 (IC95%: 0,518-0,853), sensibilidade de 54% e especificidade de 77%.</p>

Conclusão

<p>Uma rápida progressão da insuficiência renal nos primeiros meses de seguimento se associou fortemente à mortalidade. Portanto, esse comportamento da filtração glomerular, em curto prazo, identifica um subgrupo de pacientes para os quais se deve dirigir esforços concentrados no sentido de melhorar a expectativa de vida.</p>

Palavras Chave

Proteinúria; Taxa de Filtração Glomerular; Doença Renal Crônica; Pressão arterial; Glomérulo

Área

Área Clínica

Instituições

Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB) - São Paulo - Brasil

Autores

RYAN NUNES YOSHIO YOSHIHARA, PAULA TORRES PRESTI, PÂMELA FALBO DOS REIS, VANESSA BURGUGI BANIN, PASQUAL BARRETTI, LUIS CUADRADO MARTIN