XXX Congresso da Sociedade Brasileira de Hipertensão Arterial

Dados do Trabalho


Título

Diagnósticos de Enfermagem e os Fatores de Riscos Cardiovasculares relacionados a Saúde Bucal em mulheres em situação de rua em São Paulo

Introdução

<p>&nbsp;A população em situação de rua no Brasil é minoritariamente composta por mulheres, que representam apenas 14,6% na cidade de São Paulo¹, onde são comumente afetadas pela escassez em que vivem, sem informações à saúde e falta de acesso a higiene pessoal e bucal. Utilizou-se os diagnósticos de enfermagem e possiveis interveções visando produzir qualidade de vida e redução de danos à saúde das mesmas.</p>

Objetivo

<p>Avaliar riscos cardiovasculares à saúde bucal nas mulheres em situação de rua de São Paulo, associado a Taxonomia de Diagnósticos de Enfermagem Internacional Nanda I 2018/2020.<br />
&nbsp;</p>

Método

<p>Trata-se de uma pesquisa de campo com método quantitativo, caráter exploratório e transversal, aprovado pelo comitê de Ética Institucional sob protocolo&nbsp;036417, CAAE:21519413.40000.5511. Realizada no centro de São Paulo, a pesquisa contou com dentre 173 avaliados, encontrou-se 18 mulheres voluntárias em situação de rua entre os meses de novembro de 2019 a março de 2020, tendo entre 18 e 59 anos,&nbsp;previamente selecionadas por conveniência e submetidas a um questionario, sendo avaliado dados sociodemográficos apontando os fatores de risco para doenças cardiovasculares (DCV), mensuração de pressão arterial (PA) efrequência cardiaca (FC), posteriomente associados a Taxonomia de Enfermagem Internacional Nanda I.&nbsp;</p>

Resultados

<p>Resultados:Das mulheres estudadas a média de pressão arterial (PA) de 128x85mmhg, e Frequência Cardíaca (FC) de 91bpm. Sendo que 17% relatam ter história pregressa para acidente vascular cerebral (AVC),11% para IAM e 72% não souberam informar história pregressa para IAM. Dessas mulheres 20% declaram ter apresentado abcesso ou edema no último 6 meses. E 30%&nbsp;referem dor de dente ou na região da mucosa. Observou-se que 72% das mulheres respondem que Sim, fazem uso de alguma substância ilícita,&nbsp; 17% nunca utilizou e 11% não utiliza. Sendo assim, foram elencados durante a análise os diagnósticos de enfermagem, utilizando a taxonomia NANDA I, encontram-se:Controle Ineficaz da Saúde relacionado,&nbsp;Dentição Prejudicada e&nbsp;Risco de Integridade de membrana mucosa oral prejudicada.</p>

Conclusão

<p>Contudo, evidência-seque a higiene bucal tem ligação direta com alterações cardiovasculares nessa população associados a IAM, AVC e aterosclerose. Sendo assim, observou-se a importância de políticas públicas para a melhora e erradicação desta problemática, diminuíndo agravos das DCV e visando melhora de qualidade de vida por essa porção preterido muitas vezes da sociedade.&nbsp;</p>

Palavras Chave

Diagnósticos de Enfermagem; Mulheres; Situação de Rua

Área

Área Multiprofissional

Instituições

Universidade Nove de Julho - São Paulo - Brasil

Autores

Amanda Cirilo Silva , Andreia Correia de Menezes, Ingrid Milani Nacaratto de Freitas, Claudia Cristina Soares Muniz, Everaldo Muniz Oliveira , Fernanda Mello Demai